quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Parabéns Pai

Podia perder horas a escrever o porque de ele ser o melhor Pai do mundo. Mas prefiro dizer-lho. Não são poucas as vezes que o faço. Digo-lho de coração e demonstro-lhe o imenso orgulho que tenho em ser sua filha. Todos os momentos que passo na sua companhia parecem-me curtos. Adoro os momentos após as refeições, em que ficamos ali horas a soltar conversa. Retrato-lhe o meu dia, abro-lhe o meu coração. Não o querendo preocupar digo-lhe tudo, mesmo quando o tudo não é assim tão bom. Retiro-me quando lhe vejo os olhos marejados, pois sei que evita demonstrar dor na minha presença. Peço que o faça, que de mão dada temos que nos apoiar neste momento que nos feriu de morte, mas compreendo quando em surdina a minha mãe diz que ele não me quer ver sofrer. Fico orgulhosa por ainda hoje, mesmo estando casada, ele se preocupar comigo como se fosse ainda aquela menina loirinha, franzina que corria despreocupada pelos pátios. Fico orgulhosa quando ouço o já habitual não te quero sozinha na rua ou o tens que te alimentar. Sei que leva a sua vida também por mim, porque sabe que preciso dele. Hoje faz 56 anos. Continua o homem bonito que sempre foi. Os olhos, esses perderam o brilho de outrora mas continuam verdes, num verde que salta à vista no seu rosto perfeito. É um Homem bonito, muito bonito. Ao olha-lo encontro traços do meu Irmão. E quase que consigo vê-Lo nos seus pensamentos. Hoje quis-lhe pedir que não chorasse. Que Ele, o seu Filho, está lá em cima a sussurrar-lhe os parabéns, sorridente e menino. Não fui capaz. Dei-lhe um beijinho, baixei o olhar e retirei-me. Revoltada pela vida madrasta, revoltada com tanta pedra nas nossas vidas. Sei o valor que tem e demonstro-lho. Agradeço-lhe a mão sempre estendida não só a mim como a quem escolhi para passar o resto da minha vida. O meu pai faz hoje 56 anos, as nossas almas estão cinzentas como o céu chuvoso mas estou feliz por o ter ao meu lado. Logo, sorrateiramente, virão os familiares e amigos dar-lhe um abraço. Os meus amigos que são amigos dele também, e isso não se paga. Hoje Pai é o teu aniversário, e como em outros tantos dias, eu e Ele estamos contigo de alma e coração. Assim..sem reservas.

6 comentários:

BlueAngel disse...

Parabéns ao Pai da suspiro! :-)

Anónimo disse...

Que bom que é ler o que sentes pelo teu Pai!É mesmo de Pai, chorar as escondidas para que tu não vejas o que ele sofre...Ainda bem que apesar do dia cinzento logo à noite vai estar na companhia da familia e dos amigos. Parabéns ao teu Pai!!Beijocas S.V

gisela disse...

Sempre que te leio fico de lágrimas nos olhos...

Parabéns ao teu pai e parabéns a ti por seres a filha,esposa,irmã e amiga que és.

Beijinhos e muita força

voninha disse...

Comove-se muito a sua sensibilidade...
Pense que apesar da tristeza, tem uma familia unida e pode também contar sempre como os amigos, isso é muito importante.
Parabéns ao pai que pelo que li é um pai "babado".

Miss Mau Feitio disse...

Querida emocionaste-me...mais uma vez. Muitos parabéns ao Paizinho que é concerteza um grande homem. Beijinhos

Cláudia disse...

Qerida prima, as lágrimas caem pelo meu rosto!
Adoro-te!
Beijo grande.