terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Emoções

Nunca pensei que o diria, muito menos que sentiria.
Mas já custa pensar que o fim da licenciatura se aproxima. Por tudo, pelas dificuldades, pela aprendizagem, pelos receios, pelos choros, pelas gargalhadas.. E acima de tudo pelos amigos maravilhosos que conheci.Sou uma felizarda..Mesmo..
Bem..
Tenho sono.
Até amanhã

4 comentários:

Jorge Monteiro disse...

Já o disse, e escrevi, várias vezes, amiga: "És um anjo, etéreo e pacificador, que, por entre os escolhos da vida e as tempestades que a providência coloca nos nossos caminhos, sempre a correr, ofegante, mas nunca desistente, ainda arranjas tempo para ser o ombro amigo de quem de ti precisar, com esse sorriso apaziguador, pleno de esperança e determinação...

A licenciatura será a primeira das muitas metas, académicas e não só, que terás o prazer de ultrapassar, ao longo da tua existência.
As dificuldades, os obstáculos, as injustiças só valorizarão esses triunfos, fruto de muito trabalho, querer, talento e determinação.

Usando uma expressão bíblica, és uma das "poucas escolhidas".

E olha que, "literariedades" à parte, tudo o que aqui digo é, além da pura verdade, tudo aquilo que eu e, estou certo, o resto da nossa malta pensa e sente sobre ti.
E olha que eu, como bem sabes, não tenho papas na língua, nem sou de elogio fácil...

É nisso que se revela o que é ser "malta do norte", carago!
Em ser fiel e verdadeiro, solidário e incansável trabalhador, sempre de mangas arregaçadas, sempre disponível, pois mais vale quebrar que torcer...

Bem, amiga, até parece que estou a escrever a tua fita de finalista, daquelas que se usam na Benção das Fitas...

Só não é bem porque nessas costumo colocar, em epígrafe, umas citações em latim...

Bem fico por aqui, senão alguns neurónios solitários ainda pensam que eu estou em bicos de pés, como se com 1,90 e QI 154 na escala de Binet Simon, precisasse e que tu vais a caminho de alguma vindima, algures nas belas encostas do Douro, para desceres, em todo o teu esplendor, até à Ribeira...

Até parece que estou a plagiar a Agustina ou a fazer-me ao cargo de argumentista no próximo filme do quase centenário Mestre Manoel de Oliveira...

Até amanhã!

Ouriço disse...

Bem! Eu não digo que o Jorge é o must da blogosfera?
(Vim espreitar)
"I´ll be back"...

Aurea disse...

Obrigado pelas palavras Jorge.. E por todo o companheirismo e amizade..

Bem-binda Ouriço..

Beijinhos com sotaque..

Joao Fragata disse...

Fico muito feliz pelos meus ex-colegas mas meus amigos para sempre....Especialmente a ti Aurea, espero que este seja o 1º passo para uma vida muito feliz...Tu, o Lando e a Daisy =) Desejo-te tudo o que de bom se pode desejar...Es uma pessoa muito especial, que embora não tenha já o convivio que desejaria, gosto muito de ti, es uma boa amiga e ajudaste-me muito....E sabes uma coisa, tens que estar muito orgulhosa de ti...Porque mesmo com dificuldades, lutaste sempre...Um dia farei o mesmo...Parabens e boa sorte. Bjinhos deste amigo, Joao Fragata