sábado, 24 de março de 2012

Eu e os Pasteis de Belém

Na terça-feira dei um pulinho a Lisboa. Ou melhor, um pulão que isto de ir a meio da manhã e chegar a casa a tempo de ver o Benfica-Porto, foi coisa para me amassar o fundo das costas. E como sempre que isto acontece, dei um saltinho a Fátima e acendi umas velas pelos meus. Almocei na Buraca, fui ao fornecedor (o motivo da ida), dei um saltinho à beira-rio e esplanadei na Starbucks de Belém. E como sempre trouxe umas caixinhas de Pastéis de Belém. Não é coisa que aprecie muito, mas os pais e os amigos até merecem. E como não podia deixar de ser, as tipas dos Pasteis de Belém enganaram-se no pedido, a favor delas. E eu só vi quando cheguei ao Porto. Como sempre.

2 comentários:

Duchess disse...

E eu também lá fui este fds:)

Estive a ler o teu comentário.
Acho que essa estória que contaste ainda consegue ser pior.
Porque é que há tantos malucos na terra??

Beijos

Suspiro do Norte disse...

Duchess querida,

a unica explicação que encontro é falta de atenção ou doença psicologica.. nao vejo outro motivo..

Ou tempo a mais.. :)

beijinho grande para voces..