domingo, 23 de maio de 2010

em Matosinhos

Ainda há pouco, enquanto sorria com os meus amigos na esplanada, a poucas centenas de metros uma menina de dezasseis anos quase morria afogada. Aquele mar de Matosinhos, sempre tão calmo e convidativo, quase feriu de morte uma família. E este tipo de situações magoa-me a alma. Sem sabermos, enquanto olhávamos o mar e soltávamos umas gargalhadas entre cigarros, aquela menina pedia ajuda e lutava para sobreviver. Ali, a poucos metros de todos nós.

2 comentários:

Poetic GIRL disse...

Este fim de semana foi trágico nesse aspecto para algumas familias... é triste. bjs

Suspiro do Norte disse...

Muito triste mesmo