quinta-feira, 26 de agosto de 2010

26


















O olhar distante tenta ocultar as saudades que arrebatam a alma. Se dias há em que mal respiro porque Te sinto a falta, porque relembro todos os momentos passados a Teu lado, hoje tenho saudades do que poderíamos ter partilhado, de tudo que ainda Tinhas para viver e que nos foi arrancado. Não ouvi o bater da porta, não recebi nenhum sinal. Hoje trago no peito um abraço. Aquele que gostaria de ter dado se a vida nos tivesse permitido mais um segundo juntos.

4 comentários:

Rita disse...

Texto bonito, sentido e simplesmente arrebatador. *

Mr. Me disse...

Fechei os olhos. Qualquer outro sofrimento é vão ao pé disto.

Beijo

O Gaijo disse...

Um verdadeiro e sincero suspiro... Lembra-te que esse abraço Ele te "dará" sempre que precisares... Pois acredito que Ele te irá guiar para Sempre... Palavra de Gaijo...

Vi disse...

Lindo!!! :)