domingo, 27 de setembro de 2009

Assim, sem palavras.... 1 Ano - 26 de Setembro A minha Homenagem, a nossa Homenagem





















Foi pequena, mas sentida a Homenagem. Hoje, o meu coração ainda está sem palavras Irmão. Deixo aqui, o meu sincero obrigado à minha Ágata, sem a qual não teria conseguido concretizar, o que idealizei com a alma. Não teria conseguido mesmo. Aos familiares e amigos do coração também. Agradeço terem aderido,as palavras enviadas e que ficam imortalizadas. Obrigado por terem recebido este carinho, e por todo o apoio presente em dias como estes. E o meu obrigado a todos os amigos, que mesmo à distância estiveram presentes e me reconfortaram a alma, tal como aos amigos da blogosfera..
Sempre presentes.

6 comentários:

Mandrake disse...

Amiga, estou sem palavras com a primeira foto deste post.

Que anjos, que querubins! Que orgulho teriam os vossos pais num casalinho tão amoroso como o que a foto demonstra.
E depois foi com todo o carinho que vos criaram e ajudaram a crescer e a tornar-se em seres humanos adoráveis, no seio da vossa unida família.

Se ter tão boas recordações ajudar a mitigar a dor, se a certeza de que em espírito a presença é constante e eterna, então tudo veleu/vale a pena, porque a alma não é de certeza pequena.

Onde quer que o teu mano esteja continua a ser aquele anjo que, de certeza, sempre velará por vós.
E tu, amiga, continuarás a ser aquele anjo na terra que todos conhecemos, sempre pronto a ajudar, a colocar a tua asa protectora em auxílio dos amigos.

E lembra aquela velha frase que nos diz que as pessoas só morrem quando deixamos de falar delas. Assim sendo, tu e os teus são a candeia que, segundo a segundo, alumia e incendeia essa chama que é esse amor incondicional que vocês sempre souberam alimentar no vosso coeso lar.

Um ancestral beijinho do teu amigo "mouro", mas, como vós, com vetustas raízes celtas.

Anónimo disse...

Olá Suspiro!Quero que saibas que no sabado tiveste sempre no meu pensamento, compreendo a tua dor e a tua saudade.Eu e o V. sentimos a vossa dor, afinal é para isso que servem os amigos!!Podem contar connosco para o que for preciso.Beijinhos S.V.

Mr. Me disse...

Não há palavras a acrescentar. Só escrevo para perceberes que não passou ao lado e fiquei, mais uma vez, emocionado.

Força.

gisela disse...

No dia 26 lembrei-me muitas vezes de ti, mas tinha a minha mãe doente e não deu para vir cá deixar-te um miminho.
Força...
Beijinhos

Suspiro do Norte disse...

Obrigado pelo apoio. Um xi apertado a todos, e a cada um...

Com carinho

Susaninha disse...

Um xi pa ti..
Existem alturas que não existem palavras...
As SAUDADES FICAM PARA SEMPRE...

SUUUrrisinhos pa ti:)