quinta-feira, 21 de julho de 2011

Chegamos ao ponto em que temos que nos render ao cansaço quando damos por nós a tropeçar em tudo, com perdas de equilíbrio. Quando temos dois pares de sandálias arranhados à frente, por tanto batermos com o pé nas escada. Quando ao fim do dia pedimos ao marido que nos conduza a um cliente, pois sentimos não ser seguro fazê-lo. E levamos um banho de água fria, quando a nossa mãe, com ar reprovador e magoado,  nos atira as seis horas que dormimos nas ultimas setenta e duas. Vai-me valendo o bom-humor e as pessoas maravilhosas que me rodeiam. Ah! E a esperança que o fim-de-semana me trará umas horinhas de praia à maneira.

2 comentários:

mari disse...

seis horas em três dias?!? :S ...
tu cuida-te mulher, por ti e pelo teu filhote :)

Suspiro do Norte disse...

Obrigado querida,

com a entrada do período de férias, isto é uma confusão e o dobro do trabalho... lolol Estou a dormir em pé, lolol

beijinhos