quinta-feira, 4 de setembro de 2008

...

Os três anos voaram. Parece que foi ontem que, sozinha, com o carro carregadinho até cima, abandonei a cidade Invicta rumo à Capital. Para trás ficariam os pais chorosos e amigos que teimavam em não acreditar que teria coragem. Mas tive, ou melhor tivemos. Lá por baixo esperava-me um Orlando receoso, feliz. Tínhamos medo do futuro, mas sentíamo-nos com coragem para provar que não éramos apenas os meninos da mamã .
E fizemo-lo.
A vida naturalmente foi-nos nos pregando umas partidas, e hoje olho para trás e tenho um orgulho imenso do nosso percurso. A dois, a quatro, a dez..Sim porque mesmo longe não existem pais mais galinhas que os nossos. E isso sabe tão bem.
Hoje agradeço a decisão que tomei. Sem ela nunca me teria cruzado com as pessoas espectaculares que me fizeram vir em lágrimas para cima.
E claro nunca teria tido a menina dos meus olhos, a Daisy.



2 comentários:

Lôra disse...

Pois é, Adorada! Cada uma de nós com uma história diferente que nos fizeram chegar até à UAL e nos tornarmos as amigas de sempre! O tempo passou rápido e agora é colher frutos do nosso plantio. Beijoca

Aurea Fonseca disse...

O tempo não passou rápido..
Voou..

Obrigado por tudo!!

Muahh